Solfeggio - Por que o Mundo Moderno Esqueceu?


Solfegggio

Sintonize-se novamente com as vibrações perfeitas
Nikola Tesla, o grande gênio e pai de engenharia eletromagnética, disse uma vez, "Se você algum dia conhecer a magnificência do 3, 6 e 9, então você vai ter a chave para o universo".  3, 6 e 9 são as profundas vibrações das frequências Solfeggio.
Albert Einstein disse: "No que diz respeito ao assunto, temos estado todos errados. O que chamamos matéria é energia, cuja vibração tem sido tão reduzida como para ser perceptível aos sentidos. Não há nenhuma matéria." Todos os seres materiais vibram em taxas específicas e tudo tem a sua própria melodia. A natureza musical da matéria nuclear dos átomos às galáxias agora está finalmente sendo reconhecidos pela ciência.
É por esta razão que estas frequências são tão poderosas. Elas podem literalmente trazê-lo de volta para os tons originais da esfera celeste e colocar o seu corpo em uma ressonância equilibrada. Música Solfeggio é a chave para o universo. Você pode jogá-lo fora ou você pode usá-lo para encontrar a cura e a harmonia, a saúde e o bem-estar. Basta tocar a música!

A RECEITA PARA O PLANETA

528hz é a bioenergia da saúde e da longevidade, é a vibração harmônica que eleva o seu coração e a voz divina em harmonia com o céu.
Você pode imaginar o quão bonito o mundo seria com a vibração do amor permeando o ar ? Mais e mais pessoas estão despertando espiritualmente, mentalmente e emocionalmente e optando por estar em sintonia com 528 Hz, esta frequência de cura ajuda a fluir em harmonia e ritmo perfeito.
Quase toda a nossa economia global é construída sobre uma fundação de doença, doença e morte, o poderoso som do amor pode acabar com os problemas na Terra hoje, encorajo-vos a usar a frequência de 528 Hz para restaurar a consciência humana ao seu pleno poder e potencial.
Por eras os seres humanos têm sentido que determinados números, índices e formas têm um significado sagrado, por exemplo, o número “7”  foi  de grande importância em vários aspectos de muitas culturas,e formas geométricas têm sido associados com números, a série de Fibonacci e a razão de ouro ainda são fundamentais para tudo, desde a arte até a música.

Pq o Mundo esqueceu?

O que são frequências Solfeggio?


Acredita-se que as frequências Solfeggio tenham sido usadas na antiga escala de 6 tons na música sacra, incluindo os belos e bem conhecidos cantos gregorianos. Os cânticos e os seus tons especiais deveriam transmitir bênçãos espirituais quando cantados em harmonia. Cada Solfeggio tom é composto de uma frequência necessária para equilibrar a sua energia e manter o seu corpo, mente e espírito em perfeita harmonia.
As seis principais frequências Solfeggio são as seguintes:
396 Hz - Liberando culpa e medo
417 Hz- Desfazendo situações e facilitando mudança
528 Hz - Transformação e milagres (reparo do DNA)
639 Hz - Conexão/Relacionamentos
741 Hz - Expressão/Soluções
852 Hz - Voltando à ordem espiritual
Eles foram usados em mais de 150 cânticos gregorianos
Resultado de imagem para imagens de notas musicais
Resultado de imagem para imagens de notas musicais










De onde vêm esses tons?
Segundo o Professor Willi Apel, a origem da antiga
 Escala Solfeggio pode ser rastreada de volta a um hino Medieval à João Baptista. O hino tem essa peculiaridade que as primeiras seis linhas da música começam, respectivamente, nas primeiras seis notas sucessivas da escala, e assim, a primeira sílaba de cada linha foi cantada uma nota um grau acima do que a primeira sílaba da linha que a precedeu. Porque a música realizou ressonância matemática, as frequências originais foram capazes de inspirar a humanidade espiritualmente para ser mais "espiritualizada".

A escala Solfeggio original foi desenvolvida por um monge beneditino, Guido d’Arezzo (c. 991 DC - c. 1050 DC).  Ela foi usada pelos cantores para aprender cânticos e músicas mais facilmente.
Hoje conhecemos a escala Solfeggio com sete notas ascendentes atribuídas às sílabas Do-Re-Mi-Fa-Sol-La-Si. A escala original era de seis notas ascendentes atribuídas à Ut-Re-Mi-Fa-Sol-La . As sílabas para a escala foram tiradas de um hino a São João Batista, Ut Queant Laxis, Escrito por Paulus Diaconus.
Guido d'Arezzo
Na metade dos anos 1970, Dr. Joseph Puleo, um médico e líder ervanário americano, encontrou seis frequências eletromagnéticas que se correspondiam com as sílabas do hino a São João Batista.O planet precisa Solfeggio
Como foram descobertas as frequências?
Segundo a documentação fornecida no "Healing Codes for the Biological Apocalypse" (Código de Cura do Apocalipse Biológico), Dr. Joseph Puleo foi apresentado, através de uma visão, ao método pitagórico de redução numeral. Usando este método, ele descobriu o padrão de seis códigos repetitivos no livro de números, Capítulo 7, versículos 12 a 83.
O método Pitagórico é um método de redução simples, usado para transformar grandes números em apenas um dígito. Os valores de todos os dígitos do número são somados. Quando após a primeira soma o número ainda contiver mais de um dígito, o processo é repetido. Aqui está um exemplo: 456 pode ser reduzido para 4+5+6=15, e posteriormente reduzido para 1+5=6. Por isso, o número 456 se reduz, finalmente, para o dígito 6.
Pitágoras de Samos
O Dr. Joseph Puleo encontrou repetições de um único tema ou assunto no livro de números. No Capítulo 7, versículo 12 ele encontrou uma referência ao primeiro dia, o segundo dia foi mencionado no versículo 18, o terceiro dia no versículo 24, e assim por diante até a última referência no versículo 78, que fala do décimo segundo dia.
A redução pitagórica desses números de versículo é:
Versículo 12 = 1 + 2 = 3
Versículo 18 = 1 + 8 = 9
Versículo 24 = 2 + 4 = 6
Versículo 30 = 3 + 0 = 3
Versículo 36 = 3 + 6 = 9
Versículo 42 = 4 + 2 = 6
                                                                                                                                                                                                                                   …Até versículo 78
Você consegue ver a repetição de n° 396?  Esta é a primeira frequência.
Ele encontrou a próxima frequência olhando para o versículo 13, que fala de uma oferta. Seis versos para baixo, que é o versículo 19, a mesma oferta ou uma ideia é repetida, seis versículos para baixo no versículo 25 há outra repetição, etc. Assim, por meio do método pitagórico de redução, mais uma vez ele descobriu um padrão. Este padrão é 417. É a segunda frequência. O resto das frequências foram encontradas usando o mesmo método.
O significado secreto das antigas sílabas
Cada tom tem seu próprio potencial único.
Como você já deve saber, as sílabas usadas para entoar os tons são: Ut, Re, Mi, Fa, Sol, La. Elas foram retiradas da primeira estrofe do hino a São João Batista:
Ut queant laxis Reo sonare fibris
Mira gestorum Favários canais irá controlar tuorum
Solve polluti Labii reatum
Sancte Iohannes
Tradução Literal do Latim: "a fim de que os escravos possam ressoar os milagres (maravilhas) de suas criações com cordas vocais soltas (expandidas). Lave a culpa do (nosso) lábio poluído. São João".
Em outras palavras, para que as pessoas pudessem viver juntos em paz e se comunicar em harmonia sobre o milagre em suas vidas, e como Deus abençoou-os para produzir essa "magia", a verdadeira natureza espiritual pura requer revelação. O texto acima parece sugerir que as notas Solfeggio abrem um canal de comunicação com o divino.
Cada sílaba foi minuciosamente estudada por Dr.  Puleo e outros pesquisadores profissionais. David Hulse, um terapeuta pioneiro do som com mais de 40 anos de experiência, descreveu os tons como o seguinte:
UT - 396 Hz - transforma tristeza em alegria, liberta culpa e medo
RE - 417 Hz - desfaz situações e facilita a mudança
MI - 528 Hz - transformação e milagres, repara DNA
FA - 639 Hz - relação, conexão com a família espiritual
SOL - 741 Hz - expressão/soluções, limpeza e dissolução
LA - 852 Hz – retorno à ordem espiritual

Por que o mundo moderno esqueceu?
As frequências Solfeggio foram perdidas porque ao longo da história diversos ajustes finos foram usados. Práticas antigas de ajuste fino (tuning) utilizavam um sistema de ajuste fino conhecido como "Just Intonation." (Apenas entonação). O método de Apenas Entonação caracteriza-se por intervalos puros entre cada nota que foram matematicamente relacionadas em proporções de pequenos números inteiros levando a um som muito mais puro.
A prática de Ajuste Fino adotada pelas culturas ocidentais a partir do século 16 e hoje utilizada é conhecida como "Twelve-Tone Equal Temerament” (Temperamento igual de Doze Tons).  Segundo Joachim Ernst-Berendt, esta prática destoa todos intervalos consoantes exceto a oitava. Nossa moderna escala pode criar situações como pensamento “encaixotado", emoções recheadas e reprimidas, baseada no medo ou falta consciência, todos eles em seguida, tendem a se manifestar em sintomas físicos chamados "dis-ease" ou doença.
A escala musical hoje em dia está fora de sincronia quando comparada com a escala original Solfeggio. Se quisermos trazer harmonia em nossas vidas, temos de substituir a escala ocidental dissonante por uma rede sutil e clara de relações de intervalos Solfeggio da música. Deixe que a música se tornar mais uma vez uma ferramenta para elevação da natureza humana e um método para conectar-se com a Fonte
Mundo 528 solfeggio
Adicionar legenda
 Harmonia como o universo
Sintonize-se novamente com as vibrações perfeitas
Nikola Tesla, o grande gênio e pai de engenharia eletromagnética, disse uma vez, "Se você algum dia conhecer a magnificência do 3, 6 e 9, então você vai ter a chave para o universo".  3, 6 e 9 são as profundas vibrações das frequências Solfeggio.
Albert Einstein disse: "No que diz respeito ao assunto, temos estado todos errados. O que chamamos matéria é energia, cuja vibração tem sido tão reduzida como para ser perceptível aos sentidos. Não há nenhuma matéria." Todos os seres materiais vibram em taxas específicas e tudo tem a sua própria melodia. A natureza musical da matéria nuclear dos átomos às galáxias agora está finalmente sendo reconhecidos pela ciência.
É por esta razão que estas frequências são tão poderosas. Elas podem literalmente trazê-lo de volta para os tons originais da esfera celeste e colocar o seu corpo em uma ressonância equilibrada. Música Solfeggio é a chave para o universo. Você pode jogá-lo fora ou você pode usá-lo para encontrar a cura e a harmonia, a saúde e o bem-estar. Basta tocar a música!

- A frequência do Amor, Reparação do DNA


A frequência 528 Hz, conhecida como Frequência do Amor, Transformação, Milagre e Reparação do DNA.

De acordo com estudiosos (Dr.Leonard Horowitz), 528 Hz é uma frequência central para a matriz matemática de criação da música. "Mais do que qualquer outros som, a Frequência do Amor ressoa no coração de tudo. Ela conecta seu coração, sua essência espiritual, com a realidade espiral do céu e terra".

Esta frequência foi utilizada por antigos padres e curandeiros de civilizações avançadas, para manifestar milagres e produzir bênçãos.

Como sempre, prefiro que você mesmo faça seu teste. Há vários sites e blogs falando a respeito. Abaixo algumas dicas:

https://attunedvibrations.com/528hz/
http://medholos.blogspot.com.br/2014/06/528-hz-frequencia-do-amor.html
https://portal2013br.wordpress.com/2014/07/31/o-milagre-do-528-hz-solfejo-e-numeros-de-fibonacci/

Para ter um efeito real e continuado, devemos ouvir pelo menos 30 minutos por dia a frequência que escolhermos. Neste caso, 528 Hz.

Fiz uma lista de vídeos com batidas puras e com sons de natureza também. Veja qual se adapta melhor a você:

https://youtu.be/-s5ZidRvnjQ?list=PL2BC2EF440E3B0792
https://youtu.be/EKa_H7vVAAA?list=PLDqTr678aIldkd9-fRfJAMDa5CLMFwFBK
https://youtu.be/b-6B2zyoFsI


Resultado de imagem para imagens de notas musicais





Resultado de imagem para imagens solfeggio blog

Thich Nhat Hanh - Prática do Amor

Os sete fatores da iluminação sãoatenção plena , investigação dos fenômenos , diligência ,alegria , serenidade , concentração e desapego .







1. Mindfulness:



. O primeiro e mais importante fator é para ser despertar consciente 

. Lembre-se, não se esqueça que somos, o que estamos fazendo e quem nós somos 
Consciência sempre surge no contexto de uma relação consigo mesmo, com os outros, ou coisas. Não é algo que temos mantido no bolso para remover -lo quando necessário.Respiratórios, caminhadas, movimentos, sensações e todos os fenômenos que nos rodeiam fazem parte da "relação", em que a consciência surge. Você 
pode pensar: "Eu sou a causa de que a consciência está presente". . Mas se você olhar em torno de você, você nunca pode encontrar uma  
Imagine andar em uma praia meditando e, de repente, o pensamento que surge é: "Eu tenho bastante dinheiro no banco?". Se você nunca se tornar consciente de seus pés em contato com a areia, é o suficiente para voltar para o momento presente. Mas são os seus pés e não o "eu" que lembrá-lo que você está presente. 

2. A Investigação de Fenômenos:

a investigação de fenômenos é o segundo fator do despertar. 
Um ser humano que gosta de investigar as coisas. Muitas vezes, queremos que os resultados de nossa pesquisa se ​​encaixam em um determinado molde ou demonstrar uma teoria particular, mas às vezes nós permanecem em um estado de abertura e deixar as coisas se revelam. Neste último caso, o nosso conhecimento e expandir limites. Sendo a investigação profunda consciência revela a vida ea realidade. 

3. DILIGENCE:
. O terceiro fator do Despertar inclui energia, esforço, diligência e perseverança  
No budismo, as fontes de nossa energia são mindfulness, pesquisa e fé em prática. 
Ao olhar profundamente, vemos que o a vida é um milagre que está além da nossa compreensão. Mesmo quando sentimos dor, se é que podemos ver que a nossa vida é cheia de significado, teremos energia e alegria. Energia não é apenas o resultado de uma boa saúde ou o desejo de alcançar algum material meta ou espiritual, mas o resultado da sensação de que a nossa vida tem sentido. Faça um esforço no momento ou no lugar errado dissipa a nossa energia. Meditar sentado por longos períodos de tempo sem ter desenvolvido uma boa concentração pode causar-lhe para tomar antipatia à meditação ou mesmo parar de praticar. 

4. JOY:

O quarto fator de Despertar é serenidade. Diligência é sempre acompanhada de serenidade.Devemos aprender a tirar a nossa energia da cabeça ao abdome. Pelo menos uma vez a cada quinze minutos que precisa para praticar o desapego. 
Quando estamos doentes, estávamos na cama sem fazer nada. Muitas vezes, nós nem mesmo comer ou beber. Toda a nossa energia está focada em curar. Nós precisa para praticar o resto, embora não estão doentes. A sessão ou meditação andando e comendo conscientemente boas oportunidades para descanso. Quando você sentir-se agitado, se você pode ir a um parque ou um jardim, será uma boa oportunidade para descansar. Se você andar devagar e lembre-se para levá-lo fácil, se você é capaz de se sentar e não fazer nada uma vez em um tempo, você pode descansar profundamente e entrar num estado de verdadeira serenidade. 

5. SERENIDADE:

O quinto fator do despertar é a alegria. A alegria é acompanhada por felicidade, mas não sãoalgumas diferenças. 
Quando você está com sede e servir-lhe um copo de água, você sente alegria. Mas quando você bebe, você sente a felicidade. Ele 
é possível para desenvolver a alegria em sua mente, mas o corpo está doente. Este, por sua vez, irá ajudar o seu corpo.  
A alegria provém de sentir a refrescante e belo fora e dentro de nós coisas.  
Normalmente, nós só percebemos o mal. Se podemos expandir nossa visão e também ver o que é certo, esse quadro mais amplo sempre trazem alegria. 

6. CONCENTRAÇÃO:

. O Sexto Fator do Despertar é a concentração  
Nós nos reunimos energia mental e encaminhá -lo para um objeto. 
Com a concentração de nossa mente vai para um ponto e de uma forma natural continua focada nele. Para ser necessidade consciente para saber foco. 
A concentração em si não é saudável. O que torna isso benéfico não é o objeto de nossa concentração.  
Se você usar concentração meditativa para escapar da realidade, não é benéfico. 

7. DESAPEGO:


. O Fator Sétimo do Despertar é a equanimidade ou descolamento  

equanimidade é um aspecto do amor verdadeiro. . Ele está longe de ser a indiferença  

Ao praticar a equanimidade amor a todos igualmente. 


Buda disse: "Para seguir meus ensinamentos, seu coração deve estar vazio de ódio, não deveria proferir palavras duras, você deve ser compassivo, e abster-se de abrigar hostilidade ou rancor. "  
Este ensinamento nos coloca em contato com a nossa intenção mais nobre, que é o oposto das fortes energias de hábitos. 

Estes sete fatores são ramos da mesma árvore e acima de tudo, constitui a prática do amor. 

Thich Nhat Hanh