Song of men



Canção do amor existente no homen
Quando uma mulher de uma certa tribo da África, sabe que ela está grávida, ela vai para a selva com outras mulheres e juntas rezam e meditam até que conseguem a “canção da criança”.Quando a criança nasce, a comunidade se reúne e cantam a canção. Então, quando a criança começa a ser educada, o povo se reuni e canta a canção.
Quando a criança se torna um adulto, eles se reúnem e cantam novamente. Quando chega a hora do casamento, ele escuta a sua canção.   Finalmente, quando sua alma está para partir deste mundo, a família e amigos próximos a ele, os mesmos do momento do nascimento, cantam a sua canção para acompanhá-lo na viagem.
Nesta tribo Africana há outra ocasião na qual os homens cantam a canção. Se em algum momento a pessoa comete um crime ou ato social aberrante, levam até o centro da cidade e pessoas da comunidade formam um círculo ao seu redor. Em seguida, eles cantam a música . A tribo reconhece que a correção para as condutas de comportamento não é punição, é o amor e a lembrança de sua verdadeira identidade.
Quando reconhecemos nossa própria canção não há necessidade ou desejo de prejudicar ninguém..Seus amigos sabem a sua música e cantam quando você esquece-la.   Aqueles que te amam  lembram da sua beleza quando te sentes feio; lembram de voce inteiro quando estiver partido ao meio, lembram sua inocência, quando você se sente culpado e lembram seu propósito quando você está confuso.


outubro 5, 2011 — Amir El AouarTraduzido e publicado por Olga Lustosa – Cuiabá-MT
Postar um comentário