Dança Infinita



Sim, o universo é uma dança. E nós somos os dançarinos que participam deste evento mágico. A dança e os dançarinos existem juntos. Como haverá dança sem o dançarino? E como haverá dançarino sem dança? O criador e a criação existem juntos, sempre existiram, e sempre existirão. Universos aparecem, universos desaparecem. Mas Aquilo que deu origem, a fonte de energia principal que deu início ao aparecimento simplesmente não desaparece, porque é Eterna, está fora do tempo, está fora do espaço. Apenas Isto existe independentemente de qualquer coisa. O criador existe além de tudo...  
A criação é passageira aqui e agora..,devendo retornar ao criador...






A dança infinita da vida,
é extraordinária ao som de risos,
gargalhadas, choros e lagrimas.
Ao som de valsas,violinos e almas,
ao som de chuvas trovões e dores,
das ondas dos mares e de grandes amores
 do nascimento a morte linda sinfonia ouço,
 emitida pela dança infinita da vida...

Nadja Feitosa
A DANÇA 

“Eu pertenço à fecundidade
e crescerei enquanto crescem as vidas:
sou jovem com a juventude da água,
sou lento com a lentidão do tempo,
sou puro com a pureza do ar,
escuro com o vinho da noite
e só estarei imóvel quando seja
tão mineral que não veja nem escute,
nem participe do que nasce e cresce.

Quando escolhi a selva
para aprender a ser,
folha por folha,
estendi as minhas lições
e aprendi a ser raiz, barro profundo,
terra calada, noite cristalina,
e pouco a pouco mais, toda a selva.”

 Pablo NERUDA












“Dance, meu coração! Dance hoje com alegria.
As formas de amor enchem os dias e as noites de música,
e o mundo ouve a melodia
Loucas de alegria, a vida e a morte dançando ao ritmo dessa música.
As montanhas, o mar e a terra dançam.

O mundo do homem dança em riso e lágrimas.”

ღ.¸¸.•´`»ღ
Kabir







Postar um comentário