(Im) perfeitos

http://auxilioemocional.blogspot.com.br/ 

Que dos céus caiam chuvas de bençãos sobre ti,

que possas senti-las nas palmas da mão e conserva-las no

coração.

Grata por sua visita!

Nadja Feitosa


                      
Para entrar neste mundo, você tem de ser imperfeito. Diz-se nas velhas escrituras que sempre que um homem se aproxima da perfeição - muitas vezes isso acontece - deixa alguma coisa imperfeita para poder voltar.

Conta-se que Ramakrishna era viciado em comida, era obcecado. Pensava o dia inteiro em comida. Conversava com seus discípulos e, sempre que tinha uma chance, corria até a cozinha para perguntar à sua mulher: "O que está preparando? Que novidade está fazendo para hoje?" Muitas vezes até sua mulher se sentia embaraçada e dizia: "Paramahansa Deva, isto não fica bem para você." E ele ria.

Um dia, sua esposa insistiu, dizendo: "Até seus discípulos se riem disso e falam: 'Que espécie de homem liberto é Paramahansa?'". Ele era tão obcecado por comida que sempre que Sharada, sua mulher, lhe trazia a refeição, imediatamente dava uma olhada na thali para ver o que ela estava trazendo. Esquecia tudo sobre Vedanta, sobre Brahma, e às vezes era muito embaraçoso, porque havia pessoas presentes e elas achavam um absurdo um homem liberto ser preso à comida.

Um dia, sua esposa insistiu:"Por que você faz isso? Deve haver alguma razão."

Ramakrishna disse: "No dia em que eu não o fizer, você poderá contar mais três dias para eu estar vivo aqui. Quando eu parar, este será o sinal de que só estarei aqui por mais três dias."

Sua esposa riu, seus discípulos também riram e disseram: "Isso não explica nada!" Eles não conseguiram acompanhar o significado do que foi dito.

Mas aconteceu exatamente assim. Um dia, sua esposa chegou com a comida e ele estava repousando em sua cama. Ele virou-se de lado - geralmente pulava da cama para olhar. Sua esposa lembrou-se do que ele havia dito: que viveria apenas mais três dias quando se mostrasse indiferente à comida. Ela não conseguiu segurar a thali; a thali caiu e ela começou a chorar.

Ramakrishna disse: "Mas todos vocês queriam que isso acontecesse. Agora, não se preocupem. Estarei aqui por mais três dias." No terceiro dia, ele morreu. Antes de morrer, disse que estava preso à comida só para continuar ligado a alguma coisa imperfeita e poder estar com os discípulos, servindo-os.

Muitos Mestres fazem isso. No momento em que sentem que estão se tornando completamente perfeitos, prendem-se a alguma imperfeição só para continuar aqui. Caso contrário, esta margem não é mais para eles. Se todas as amarras são rompidas, seus botes rumam para a outra margem, não podem permanecer aqui.

Assim, eles mantêm alguma amarra, mantêm algum relacionamento, encontram alguma fraqueza em si mesmos e não permitem que ela desapareça. Desse modo, o círculo não é completado, uma lacuna permanece. Através dessa lacuna, eles continuam aqui.

É por isso que os hindus, os budistas e os jainistas, por terem conhecido muitos mestres, sabem que a perfeição não é deste mundo. No momento em que o círculo se completa, desaparece dos seus olhos. Você não pode ver, não está na sua linha de visão, está além - lá você não consegue penetrar.

*****

Você pode ter defeitos, viver ansioso e ficar irritado algumas vezes, mas não se esqueça de que sua vida é a maior empresa do mundo. 

Só você pode evitar que ela vá à falência. Há muitas pessoas que precisam, admiram e torcem por você. 


Gostaria que você sempre se lembrasse de que ser feliz não é ter um céu sem tempestades, caminhos sem acidentes, trabalhos sem fadigas, relacionamentos sem decepções. Ser feliz é encontrar força no perdão, esperança nas batalhas, segurança no palco do medo, amor nos desencontros.


Ser feliz não é apenas valorizar o sorriso, mas refletir sobre a tristeza. 


Não é apenas comemorar o sucesso, mas aprender lições nos fracassos. 


Não é apenas ter júbilo nos aplausos, mas encontrar alegria no anonimato. 


Ser feliz é reconhecer que vale a pena viver a vida, apesar de todos os desafios, incompreensões e períodos de crise. Ser feliz não é uma fatalidade do destino, mas uma conquista de quem sabe viajar para dentro do seu próprio ser. 


Ser feliz é deixar de ser vítima dos problemas e se tornar um autor da própria história.


É atravessar desertos fora de si, mas ser capaz de encontrar um oásis no recôndito da sua alma e agradecer a Deus a cada manhã pelo milagre da vida. 


Ser feliz é não ter medo dos próprios sentimentos. 


É saber falar de si mesmo. 


É ter coragem para ouvir um "não". 


É ter segurança para receber uma crítica, mesmo que injusta. 


É beijar os filhos, curtir os pais e ter momentos poéticos com os amigos, mesmo que eles nos magoem. 


Ser feliz é deixar viver a criança livre, alegre e simples que mora dentro de cada um de nós. 


É ter maturidade para falar "eu errei". É ter ousadia para dizer "me perdoe". 


É ter sensibilidade para expressar "eu preciso de você". É ter capacidade de dizer "eu te amo". 


Desejo que a vida se torne um canteiro de oportunidades para você ser feliz... 


Que nas suas primaveras você seja amante da alegria. 


Que nos seus invernos você seja amigo da sabedoria. 


E, quando você errar o caminho, recomece tudo de novo, pois assim você será cada vez mais apaixonado pela vida. 


E descobrirá que... 


Ser feliz não é ter uma vida perfeita. 


Mas usar as lágrimas para irrigar a tolerância. 


Usar as perdas para refinar a paciência. 


Usar as falhas para esculpir a serenidade. 


Usar a dor para lapidar o prazer. 


Usar os obstáculos para abrir as janelas da inteligência. 


Jamais desista de si mesmo!!! 


Jamais desista das pessoas que você ama. 


Jamais desista de ser feliz, pois a vida é um espetáculo imperdível. E você é um ser humano especial ! 


Seja Feliz 


Autor desconhecido





http://auxilioemocional.blogspot.com.br/ 
Que dos céus
 caiam chuvas de bençãos sobre ti,
que possas senti-las nas palmas da
 mão e conserva-las nocoração.
Grata por sua visita!
Nadja Feitosa

Postar um comentário