O Giro dos céus

                                                                                 


Desde os contos de fadas, e as lindas valsas compostas

aos dias contemporâneos,onde dançar nos conecta a música e esvaziamos a mente,libertamos o

corpo para lança-lo ao ritmo  






no ideal dos bailarinos,que encontram no giro da dança,do bailado algo mais,a realização profissional com a introspecção e envolvimento de extase...

Gif de Bailarina



na visão profética mística de Rumi





ao planeta terra





Tudo gira,a melodia  pela audição,nos envolve e começamos a vibrar a girar, gira a musica em nossa mente envolve nosso corpo alcança nossa alma e começamos a girar.Num ritmo de rotação como a própria terra gira em torno do sol,  e girando gira tudo que esta nela.A música e a dança nao são mais que o giro impulsionados pelo giro da propria terra.  Rumi,o  Profeta Persa com as mais lindas e verdadeiras obras em poemas descreveu o giro de tudo...
Nadja Feitosa












Mas deixa eu sonhar, deixa eu te ver.


Vem e me diz: quem é você

Mas deixa eu sonhar, deixa eu te ver.

Vem e me diz: quem é você"       



Vem,

Te direi em segredo
Aonde leva esta dança.

Vê como as partículas do ar

E os grãos de areia do deserto
Giram desnorteados.

Cada átomo

Feliz ou miserável,
Gira apaixonado
Em torno do sol.

Rumi



Viemos girando do nada
Espalhando estrelas como pó
As estrelas puseram-se em círculo
E nós ao centro, dançamos com elas
Como a pedra do moinho em torno de Deus
Gira a roda do céu
Segura um raio dessa roda e terás a mão decepada
Girando e girando essa roda dissolve todo e qualquer apego
Não estivesse apaixonada, ela mesma gritaria: 'Basta!'
Até quando há de seguir esse giro?
Cada átomo gira desnorteado
Mendigos circulam entre as mesas
Cães rondam um pedaço de carne
O amante gira em torno de seu próprio coração
Envergonhado ante tanta beleza
Giro ao redor de minha vergonha
Vem. Ouve a música do Sama
Vem. Imite ao som dos tambores
Aqui celebramos
Somos todos a verdade
Em êxtase estamos
Embriagados sim, mas de um vinho que não se colhe na videira
O que quer que se pense de nós, em nada parecerá o que somos
Giramos e giramos em êxtase
Esta é a noite do Sama
Há luz agora!
Luz! Luz!
Eis o amor verdadeiro que diz à mente adeus
Este é o dia do adeus. Adeus! Adeus!
Todo coração que arde nessa noite é amigo da música

Ardendo por teus lábios meu coração transborda de minha boca
Silêncio
Silêncio
Mas feito de pensamento, afeto e paixão
O que resta é nada além de carne e ossos
Por que nos falam de templo de oração, de atos piedosos?
Somos a caça e o caçador
Outono e primavera, noite e dia
O visível e o invisível
Somos o tesouro do espírito
Somos a alma do mundo
Livres do peso que vergasta o corpo
Prisioneiros não somos do tempo nem do espaço
Nem mesmo da terra em que pisamos
No amor fomos gerados
No amor nascemos


Rumi










Oceano Infinito
O Amor é um oceano infinito,
Cujos céus são apenas um floco de espuma.
Saiba que as ondas do Amor

É que fazem girar a roda dos céus,
Pois sem o Amor o mundo seria sem vida.
Como se transformaria em árvore uma coisa inanimada?
Os vegetais não se sacrificariam para conseguir seu espírito?
Como se sacrificaria o espírito pelo Sopro cujo perfume engravidou Maria?
Cada átomo é seduzido por esta Perfeição e corre para ela.
Sua pressa diz implicitamente: Obrigado, ó Deus 
Rûmî






Nao posso deixar de citar  Khalil Gibran Khalil





"Ela dançou a dança das chamas e do fogo, a dança das espadas e das lanças; e ela dançou a dança das flores ao vento. Ao terminar, virou-se para o príncipe e fez uma reverência. Ele então, pediu-lhe que viesse mais perto e perguntou-lhe: 'Linda mulher, filha da graça e do encantamento, de onde vem tua arte e como é que comandas todos os elementos em seus ritmos e versos?"



"O Viajante" de Khalil Gibran Khalil




Entre na energia da Roda

Bem vindo a consciencia da energia da Roda...da vida



http://auxilioemocional.blogspot.com.br/ 
Que dos céus caiam chuvas de bençãos sobre ti,
que possas senti-las nas palmas da mão e conserva-las no
coração.
Grata por sua visita!
Nadja Feitosa
Postar um comentário