Almas Gemeas III




Resultado de imagem para imagem Livia e Publius Lentulus

"...o amor não é algo que podemos nos obrigar a sentir, nem que podemos sentir por decisão do intelecto. O amor nem ao menos é um sentimento. É um estado do ser, de entrega, de perfeita renúncia a toda sorte de separação, quanto a qualquer parte de si mesmo, a outros seres humanos, ao mundo natural e aos domínios do espírito. O amor é eterno e também se gera a cada momentoEm sua base, todos os ensinamentos espirituais verdadeiros visam nos ajudar a a entrar nesse momento eterno do amor." Eva Pierrakos e Donovan Thesenga. 

Imagem relacionada


Resultado de imagem para Publios Lentulus e Livia
Este poema é um trecho cantado por Lívia ao seu grande amor,
Publios Lentulus,  

em uma antiga encarnação de Emannuel, narrado no livro

 Há Dois Mil Anos de  ( Chico Xavier )


Para os amantes do amor em si,a beleza e intensidade dos versos consegue nos ligar ao sentimento expressado.Como tal, não poderia deixar de transmitir a quem sensibiizar-se tao belas palavras que com certeza vem carregadas de sentimentos sublimes.Envolvendo-nos com a energia do amor . 


Nadja Feitosa
Alma de minh alma





"Alma gêmea da minh'alma, Flor de luz da minha vida, Sublime estrela caída Das belezas da amplidão!...Quando eu errava no mundo Triste e só, no meu caminho, Chegaste, devagarinho, E encheste-me o coração.Vinhas na bênção dos deuses, Na divina claridade, Tecer-me a felicidade, Em sorrisos de esplendor!...És meu tesouro infinito, Juro-te eterna aliança, Porque eu sou tua esperança, Como és todo o meu amor!"elaAlma gêmea da minh'alma, Flor de luz da minha vida, Sublime estrela caídaDas belezas da amplidão!...Quando eu errava no mundo, Triste e só, no meu caminho, Chegaste, devagarinho, E encheste-me o coração.Vinhas na bênção dos deuses, Na divina claridade, Tecer-me a felicidade Em sorrisos de esplendor!...És meu tesouro infinito, Juro-te eterna aliança, Porque sou tua esperança, Como és todo o meu amor!Alma gêmea da minh'alma, Se eu te perder, algum dia, Serei a escura agonia Da saudade nos seus véus...Se um dia me abandonares, Luz terna dos meus amores, Hei de esperar-te, entre as flores Da claridade dos céus...



Este poema é um trecho cantado por Lívia ao seu grande amor, Publios Lentulus,



  em uma antiga encarnação de Emannuel, narrado no livro

 Há Dois Mil Anos de  ( Chico Xavier )
 Para os amantes do amor em si,a beleza e intensidade dos versos
consegue nos ligar ao sentimento expressado.
Como tal, não poderia deixar de transmitir
a quem sensibiizar-se tao belas palavras
que com certeza vem carregadas de sentimentos sublimes.
Envolvendo-nos com a energia do amor .
Nadja Feitosa

                                        
O amor já estava escrito
Já estava prometido
Sabia seria assim
Você viria pra mim
Eu sei um dia serei
O seu amor pra sempre

Por seu amor existo
Por ele eu não desisto
Estrelas podem cair
Castelos podem ruir
E quando você chegar 
Sei que te amarei pra sempre

Te vejo em sonhos 
E somente eu sei o quanto eui te esperei
Vem me tirar dessa prisão de somente de ter
De somente te ver
Se eu sonhar outra vez

Eu sei que o amor existe
Que o amor jamais desiste
Que vence mil temporais 
Que enfrentaria outros mais
O amor vai nos encontrar
Vai nos libertar pra sempre

Te vejo em sonho
E somente eu sei o quanto eu te esperei
Vem me tirar dessa prisão de somente te ter 
De somente te ter
Se eu sonhar outra vez.

Eu Te Amo

Eu te amo
Antes e depois de todos os acontecimentos
Na profunda imensidade do vazio
E a cada lágrima dos meus pensamentos.
Eu te amo
Em todos os ventos que cantam,
Em todas as sombras que choram,
Na extensão infinita do tempo
Até a região onde os silêncios moram.
Eu te amo
Em todas as transformações da vida,
Em todos os caminhos do medo,
Na angústia da vontade perdida
E na dor que se veste em segredo.
Eu te amo
Em tudo que estás presente,
No olhar dos astros que te alcançam
Em tudo que ainda estás ausente.
Eu te amo
Desde a criação das águas,
desde a ideias do fogo
E antes do primeiro riso e da primeira mágoa.
Eu te amo perdidamente
Desde a grande nebulosa
Até depois que o universo cair sobre mim
Suavemente. 


Your Love -Dulce Pontes Enio Morricone
O SEU AMOR...

Eu acordei e você estava lá 
ao meu lado na noite. 
Você me tocou e acalmou meu medo, 
Transformou trevas em luz. 

Eu acordei e vi você lá 
ao meu lado como antes 
Meu coração pulou para encontrá-lo perto 
Te sentir perto mais uma vez 
Para sentir o teu amor mais uma vez. 

Sua força me fez forte 
Embora a vida tenha nos dividido
E agora, quando a noite parece longa 
O seu amor brilha no meu coração 
O seu amor brilha no meu coração.


Vem nos braços de um sonho

Mas não vejo o teu rosto.

Quem será que eu amo
E ainda não encontrei
 olhar tão profundo.
Em que cena da vida

Haverá de comigo cruzar
Que saudade é essa
Do amor que eu não tive
Por que é que te sinto se nunca te vi
Será que são lembranças
De um tempo esquecido

Me desvenda esse amor
Que me faz renascer.
Faz do sonho algo lindo
Que me faça viver.
Diz se fiz com os céus algum trato
Esclarece esse fato
E me faz compreender.
Esse beijo, esse abraço na imaginação
E descobre o que guardo pra ti




No meu coração

Resultado de imagem para Publios Lentulus e Livia














Resultado de imagem para imagem Livia e Publius Lentulus


"...o amor não é algo que podemos nos obrigar a sentir, nem que podemos sentir por decisão do intelecto. O amor nem ao menos é um sentimento. É um estado do ser, de entrega, de perfeita renúncia a toda sorte de separação, quanto a qualquer parte de si mesmo, a outros seres humanos, ao mundo natural e aos domínios do espírito. O amor é eterno e também se gera a cada momentoEm sua base, todos os ensinamentos espirituais verdadeiros visam nos ajudar a a entrar nesse momento eterno do amor." Eva Pierrakos e Donovan Thesenga. 

Imagem relacionada


Resultado de imagem para Publios Lentulus e Livia
Este poema é um trecho cantado por Lívia ao seu grande amor,
Publios Lentulus,  

em uma antiga encarnação de Emannuel, narrado no livro

 Há Dois Mil Anos de  ( Chico Xavier )


Para os amantes do amor em si,a beleza e intensidade dos versos consegue nos ligar ao sentimento expressado.Como tal, não poderia deixar de transmitir a quem sensibiizar-se tao belas palavras que com certeza vem carregadas de sentimentos sublimes.Envolvendo-nos com a energia do amor . 


Nadja Feitosa
Alma de minh alma





"Alma gêmea da minh'alma, Flor de luz da minha vida, Sublime estrela caída Das belezas da amplidão!...Quando eu errava no mundo Triste e só, no meu caminho, Chegaste, devagarinho, E encheste-me o coração.Vinhas na bênção dos deuses, Na divina claridade, Tecer-me a felicidade, Em sorrisos de esplendor!...És meu tesouro infinito, Juro-te eterna aliança, Porque eu sou tua esperança, Como és todo o meu amor!"elaAlma gêmea da minh'alma, Flor de luz da minha vida, Sublime estrela caídaDas belezas da amplidão!...Quando eu errava no mundo, Triste e só, no meu caminho, Chegaste, devagarinho, E encheste-me o coração.Vinhas na bênção dos deuses, Na divina claridade, Tecer-me a felicidade Em sorrisos de esplendor!...És meu tesouro infinito, Juro-te eterna aliança, Porque sou tua esperança, Como és todo o meu amor!Alma gêmea da minh'alma, Se eu te perder, algum dia, Serei a escura agonia Da saudade nos seus véus...Se um dia me abandonares, Luz terna dos meus amores, Hei de esperar-te, entre as flores Da claridade dos céus...



Este poema é um trecho cantado por Lívia ao seu grande amor, Publios Lentulus,



  em uma antiga encarnação de Emannuel, narrado no livro

 Há Dois Mil Anos de  ( Chico Xavier )
 Para os amantes do amor em si,a beleza e intensidade dos versos
consegue nos ligar ao sentimento expressado.
Como tal, não poderia deixar de transmitir
a quem sensibiizar-se tao belas palavras
que com certeza vem carregadas de sentimentos sublimes.
Envolvendo-nos com a energia do amor .
Nadja Feitosa

                                        
O amor já estava escrito
Já estava prometido
Sabia seria assim
Você viria pra mim
Eu sei um dia serei
O seu amor pra sempre

Por seu amor existo
Por ele eu não desisto
Estrelas podem cair
Castelos podem ruir
E quando você chegar 
Sei que te amarei pra sempre

Te vejo em sonhos 
E somente eu sei o quanto eui te esperei
Vem me tirar dessa prisão de somente de ter
De somente te ver
Se eu sonhar outra vez

Eu sei que o amor existe
Que o amor jamais desiste
Que vence mil temporais 
Que enfrentaria outros mais
O amor vai nos encontrar
Vai nos libertar pra sempre

Te vejo em sonho
E somente eu sei o quanto eu te esperei
Vem me tirar dessa prisão de somente te ter 
De somente te ter
Se eu sonhar outra vez.

Eu Te Amo

Eu te amo
Antes e depois de todos os acontecimentos
Na profunda imensidade do vazio
E a cada lágrima dos meus pensamentos.
Eu te amo
Em todos os ventos que cantam,
Em todas as sombras que choram,
Na extensão infinita do tempo
Até a região onde os silêncios moram.
Eu te amo
Em todas as transformações da vida,
Em todos os caminhos do medo,
Na angústia da vontade perdida
E na dor que se veste em segredo.
Eu te amo
Em tudo que estás presente,
No olhar dos astros que te alcançam
Em tudo que ainda estás ausente.
Eu te amo
Desde a criação das águas,
desde a ideias do fogo
E antes do primeiro riso e da primeira mágoa.
Eu te amo perdidamente
Desde a grande nebulosa
Até depois que o universo cair sobre mim
Suavemente. 


Your Love -Dulce Pontes Enio Morricone
O SEU AMOR...

Eu acordei e você estava lá 
ao meu lado na noite. 
Você me tocou e acalmou meu medo, 
Transformou trevas em luz. 

Eu acordei e vi você lá 
ao meu lado como antes 
Meu coração pulou para encontrá-lo perto 
Te sentir perto mais uma vez 
Para sentir o teu amor mais uma vez. 

Sua força me fez forte 
Embora a vida tenha nos dividido
E agora, quando a noite parece longa 
O seu amor brilha no meu coração 
O seu amor brilha no meu coração.


Vem nos braços de um sonho

Mas não vejo o teu rosto.

Quem será que eu amo
E ainda não encontrei
 olhar tão profundo.
Em que cena da vida

Haverá de comigo cruzar
Que saudade é essa
Do amor que eu não tive
Por que é que te sinto se nunca te vi
Será que são lembranças
De um tempo esquecido

Me desvenda esse amor
Que me faz renascer.
Faz do sonho algo lindo
Que me faça viver.
Diz se fiz com os céus algum trato
Esclarece esse fato
E me faz compreender.
Esse beijo, esse abraço na imaginação
E descobre o que guardo pra ti




No meu coração

Resultado de imagem para Publios Lentulus e Livia




Resultado de imagem para imagem Livia e Publius Lentulus
Postar um comentário