Qualquer palavra de amor


Eis os versos venezuelanos de Gabriela Mistral:



A ALEGRIA DE SERVIR 

Toda a Natureza é um desejo de serviço.
Serve a nuvem, serve o vento, servem os vales.
Onde haja uma árvore que plantar, planta-a tu;
Onde haja um erro que emendar, emenda-o tu;
Onde haja um esforço que todos evitam, aceita-o tu.

Sê aquele que afasta a pedra do caminho,
O ódio dos corações e as dificuldades de um problema
Existe a alegria de ser são, e a alegria de ser justo,
Mas existe sobretudo, a formosa a imensa alegria de servir.
Como seria triste o mundo se tudo já estivesse feito,
Se não houvesse um roseiral que plantar, uma empresa que iniciar!
Que não te atraiam somente os trabalhos fáceis.

É tão belo fazer a tarefa a que outros se esquivam!
Mas não caias no erro de que só se conquistam méritos
Com os grandes trabalhos;
Há pequenos serviços que são imensos serviços:
Adornar a mesa, arrumar os bancos, espanar o pó.
Aquele é o que critica, este é o que destrói;
Sê tu o que serve.

O serviço não é tarefa só de seres inferiores.
Deus, que dá o fruto e a luz, serve.
Poder-se-ia chamá-lo assim: Aquele que serve.
E Ele, que tem os olhos em nossas mãos, nos pergunta todo dia:
“Serviste hoje? A quem? À árvore, a teu amigo, à tua mãe?”



*Seguindo a linha de publicar significativos poemas cristãos de grandes nomes da Literatura Universal, contemplamos desta vez este belíssimo poema, de Gabriela Mistral. Gabriela Mistral foi foi uma grande poetisa, além de educadora, diplomata e feminista chilena. Ganhou o Prêmio Nobel de Literatura em1945.







Qualquer palavra de amor,
qualquer gesto de carinho,
faça ou diga, aqui e agora,
porque na vida nunca passamos duas vezes
pelo mesmo caminho".



Até mesmo uma pessoa que cultiva nobres ideais deve aprender a estar atenta para o que está acontecendo "aqui e agora" e diante dela.

Existem anjos que nos elevam quando nossas asas têm problemas em lembrar como voar.
 Esses anjos são:pais,mães,amigos,avós.
Sempre há um  para eleva-los ate que suas asas estejam prontas
Se voce diz:não tenho ninguém
feche os olhos  e sinta a legião de anjos que o próprio Deus te mandou.
Não quer fechar o olhos
sinta a  brisa  na face  
como se alguém invisivel lhe tocasse em leve carícia  
ouça o sussuro do vento,a dizer: estou aqui
o sol na pele a dizer: força        
as estrelas  : brilhe com a luz de sua alma.
a lua em seu amarelo explendido diz:esperança
a criança em seu sorriso:continue a lutar.viva como for,mas viva
e a flor em um lugar qualquer nasce sem cuidados diz :não tenho ninguém 
ainda assim estou aqui a transmitir beleza,alegria,esperança,fé ...      
Nadja Feitosa14.08.12 


Postar um comentário